Cardápio digital para restaurante: saiba como aumentar as suas vendas!

12.11.2019
Hoje uma das melhores tecnologias de automação que pode lhe auxiliar a aumentar as vendas é o famoso cardápio digital para restaurante. Clique e confira!

Para aumentar as vendas do seu restaurante, hoje uma das melhores tecnologias de automação que pode lhe auxiliar é o famoso cardápio digital para restaurante!

Cada vez mais adotado no Brasil, ela permite o autoatendimento eficaz em estabelecimentos gastronômicos. De modo que, os clientes possam:

  • Ter seu tempo de espera reduzido;
  • Receber seu pedido muito mais rápido.

Então, quem procura por formas de inovar o atendimento e aumentar seu faturamento, apostar nessa tecnologia é um grande diferencial nos dias de hoje.

Vale ressaltar que o consumo tem se tornado mais digitalizado a cada dia. Podemos tirar como exemplo o crescimento nas vendas online (e-commerce).

Com isso, mesmo que presencialmente, as tecnologias visam dar maior autonomia aos clientes, para que seja possível aumentar sua satisfação.

Bem como, torna os processos mais eficientes e ágeis, para garantir ainda uma experiência única.

Pensando nisso quero mostrar neste artigo como aumentar as vendas do seu restaurante com o cardápio digital. Então, continue lendo e descubra como!

Cardápio digital para restaurantes, uma Tendência! qrpedir

Uma dúvida comum que os empreendedores têm sobre como aumentar as vendas do seu restaurante com cardápio digital se mostra possível.

Afinal de contas, o que ele tem de tão diferente assim em suas funcionalidades, certo? Primeiramente, quero destacar dois pontos importantíssimos deles:

  • Sistemas integrados;
  • Automação comercial.

O primeiro diz respeito à capacidade que uma tecnologia tem de integrar diversos setores e seus processos dentro de uma empresa, através de uma única plataforma.

Portanto, de cara já podemos entender um pouco melhor as vantagens que essa tecnologia possui, não é mesmo?

Isso porque a integração permite que o restaurante como um todo esteja alinhado. Desse modo, reduzindo falhas, melhorando a eficácia e a produtividade.

Já a automação comercial diz respeito ainda mais a questão da produtividade, já que ela permite que recursos sejam mais bem aproveitados.

Sejam eles humanos, de matéria-prima ou financeiros! Simplificando esse conceito com aplicação direta, respectivamente, posso dizer que os cardápios digitais:

  • Reduzem a sobrecarga sobre atendentes e garçons, permitindo que estes tenham mais foco no atendimento de qualidade e personalizado;
  • Diminuem os erros humanos ao anotar pedidos, evitando desperdício de alimentos e bebidas;
  • Melhor direcionam os investimentos devido ao seu baixo custo que permite fazer mais com menos, sobrando assim para outras ações também importantes.

Vendas do seu restaurante x Cardápio digital para restaurante

Para um melhor entendimento sobre o cardápio digital, quero falar ainda de como este funciona na prática.

Diferentemente dos cardápios convencionais, o digital permite um autoatendimento por tablets e totens. Então, o cliente não precisa esperar o garçom/atendente para fazer seu pedido.

Mesmo em restaurantes onde o cardápio fica já disponível nas mesas, por vezes o consumidor escolhe seu produto e mesmo assim, demora para ser atendido!

Algo que impacta diretamente nas vendas do seu restaurante, principalmente, se ele possui grande demanda.

Ou seja, essa facilidade traz benefícios para todos. Além disso, com colaboradores do salão podem ficar mais focados em outras partes do atendimento, é mais fácil garantir:

  • Boa experiência ao consumidor;
  • Satisfação dos clientes através da qualidade.

Tal como os cardápios convencionais, a disposição dos alimentos e bebidas é feito por categorias, mas, de forma muito mais elaborada.

Uma vez que, o custo de manutenção deste é bem menor. Permitindo assim, que essa seja feita regularmente!

Na prática a automação ainda tem a função que é a de agilizar os processos, pois, quando o cliente pede algo tudo é automaticamente registrado.

Portanto, além de dar autonomia ao consumidor, você oferece produtos de qualidade em tempo hábil. O que faz com que eles se sintam valorizados e sejam facilmente fidelizados.

Vantagens de utilizar o cardápio digital para restaurante nas suas vendas

Entender como funciona é apenas um passo para implementar essa tecnologia, o segundo é conhecer suas vantagens nas vendas do seu restaurante, veja a seguir!

1. Manutenção com custos reduzidos:

Dois aspectos da manutenção desse tipo de cardápio são importantíssimos para as vendas, sendo eles:

  • Investimento: mesmo que a princípio possa parecer que esse tipo de sistema irá causar prejuízo ao negócio, a longo prazo isso se mostra diferente. Acontece que inicialmente é preciso um valor elevado para implementação, devido à necessidade de compra de tablets e/ou tokens para autoatendimento. Contudo, depois isso é compensado pela economia que permite um aumento do faturamento e melhor uso dos recursos com foco na conversão das vendas;
  • Atualizações: ao contrário dos cardápios convencionais, este possui um baixo custo já que não demanda impressões. Essas que se tornam ainda mais caras quando há imagens e detalhamentos excessivos no layout. Aqui tudo será feito de forma simples, sem altos custos e com atualização automática por meio do sistema digital. Desse modo, será mais fácil atualizar informações de preços, retirada ou entrada de pratos/bebidas, etc. Vale considerar que muitos negócios não atualizam com frequência seus cardápios pelo custo elevado, estagnando assim seu potencial de vendas.

2. Aumento nas vendas do restaurante pelo visual:

Outro ponto importante do cardápio digital que se relaciona com o que foi abordado acima é que pela economia de impressão é possível acrescentar mais fotos.

Desse modo, o cardápio será muito mais descrito através das imagens dos alimentos e bebidas do que pelo seu texto. Claro que isso não exclui essa necessidade!

Entretanto, o apelo visual complementa a descrição dando ao consumidor uma visão do prato e com isso, persuadindo-o através da:

  • Curiosidade;
  • Apetite.

3. Mão de obra e o autoatendimento com o cardápio digital para restaurante:

Quem opta por um cardápio digital, consegue reduzir os gastos com mão de obra, mas não, totalmente.

Isso porque mesmo com o auto-atendimento os garçons e atendentes se fazem precisos. Porém, em uma quantidade mais limitada poupando mais capital.

Nestes casos, colaboradores do salão tem seu foco voltado ao atendimento de suporte que visa o aumento da:

  • Qualidade nos serviços;
  • Personalização;
  • Satisfação do consumidor.

Por exemplo, ele passa a atuar mais no reconhecimento de necessidades, auxílio com sugestão de harmonizações no cardápio e até mesmo esclarecimento de dúvidas pontuais.

Ou seja, ele passa a dar mais atenção aquilo que o cliente deseja/necessita suprindo suas expectativas e com isso, reduzindo a taxa de rejeição!

4. Redução de erro e controle das vendas:

Por fim, quero ressaltar ainda dois benefícios do cardápio digital para o aumento e melhoria nas vendas do seu restaurante.

  • Tiragem de pedidos: por ser feito de forma totalmente automatizado e com o próprio cliente escolhendo, é quase impossível que erros de produção aconteçam. Isso porque assim que este escolher sua refeição, o sistema irá emitir uma ordem para a cozinha que irá começar sua produção. Ou seja, os erros humanos ao anotar e transmitir um pedido não serão mais uma realidade assustadora para os estabelecimentos. Logo, o cliente terá seu pedido feito e recebido corretamente, aumentando sua satisfação e tornando fácil sua fidelização;
  • Automação dos pedidos: mas, outra grande vantagem que engloba outro erro bastante comum diz respeito ao fechamento das contas. Quem é que nunca teve um pedido que não teve todos os produtos consumidos registrados, causando prejuízo ao caixa do negócio? Ou até mesmo, foi cobrado a mais por algo e teve que passar pela situação constrangedora de ver seu pedido revisto pelos atendentes? Com um registro automático através de um sistema integrado, outro ponto positivo é que as vendas são acompanhadas pedido por pedido. Facilitando não apenas o fechamento da conta, como também, tornando-a assertiva!

Como potencializar as vendas do seu restaurante

Portanto, até agora vimos como os cardápios digitais para restaurantes funcionam e qual sua relação com o aumento no faturamento.

Em relação a isso, seu potencial é tão grande que é capaz de aumentar em até 30% tal faturamento. Mas, claro que nada impede de conseguir até mais que isso!

Tudo depende da forma como o restaurante irá utilizá-lo em suas vendas, se feito com grande eficácia é ainda mais fácil.

O melhor de tudo é que por ter um baixo custo de manutenção, esse tipo de tecnologia permite a redução de custo. Dessa forma, o capital poupado acaba sendo utilizado em:

  • Estratégias de marketing e vendas;
  • Investimentos para melhorias físicas;
  • Aumento do capital de giro;
  • Orçamentos de emergências;
  • E muito mais.

Sem falar ainda, que além das vendas do seu restaurante, ocorre um aumento também na produtividade dos funcionários de todos os setores.

Já que todos estarão alinhados em um sistema automatizado e integrado. Logo, ao conectar todos em um mesmo ambiente, os processos se tornam mais eficazes e ágeis!

1. Trabalhe o seu cardápio digital para restaurante:

Uma das maiores vantagens do cardápio digital que permitem que você aumente as vendas do seu restaurante é a sua versatilidade.

Por ser digital, é muito mais fácil incorporar elementos sem restrições devido aos custos. Bem como, se torna muito mais fácil trabalhar e alterar sua composição quando desejar!

Então, torná-lo atraente não é muito difícil e a seguir, irei dar algumas dicas de como fazer isso:

  • Imagens: como dito antes, o apelo visual é muito importante para as vendas. Portanto, não hesite em fazer uma sessão de fotos profissionais de todos os elementos do seu cardápio. Algo que pode ser feito até mesmo através do seu celular com as dicas que já demos em outro post aqui do blog. Mas, não tire apenas de forma individual, brinque com fotos onde mais de um item aparece até mesmo para não deixar o cardápio digital muito extenso cansando os clientes. Além disso, utilize o próprio estabelecimento como cenário;
  • Descrições: procure torná-las o mais atraentes possíveis criando descrições criativas e que atiçam a curiosidade do cliente. Ou seja, nada de apenas “filé com batata-frita” e sim, “filé bovino marinado no vinho tinto e servido com batatas-fritas rústicas temperadas com alecrim e pimenta” por exemplo – mas, as informações precisam ser fiéis ao prato, é claro;
  • Precificação: não destaque esse item, ele deve ser visto de forma suave para que não seja o fator decisivo ao consumidor. Imagina que ele vê primeiro o preço e apenas depois, a descrição exemplificada acima. O que você acha que vai pesar mais? E se for o contrário? Outra coisa, para evitar que o cardápio digital se torne cansativo, é remover os cifrões e colocar apenas o numérico “12,99” – mesmo que pelo português essa não seja a forma correta.

2. Observações nas vendas do seu restaurante:

Mas, para que essa tecnologia seja implementada corretamente, você precisa dar suporte ao cliente mesmo quando ele realiza seus próprios pedidos.

Dessa forma, dentro do sistema utilizado é preciso que haja um campo de observações. Permitindo que o cliente possa:

  • Avisar sobre alergias;
  • Pedir a retirada de algum ingrediente;
  • Especificar outra necessidade/desejo.

3. Trabalhe com múltiplos cardápios:

Com tanta facilidade para criar e baixo custo, uma boa dica é investir na criação de mais de um cardápio, por exemplo, para:

  • Almoço executivo;
  • Happy Hour;
  • Final de semana e feriados;
  • Entre outros.

Basicamente, você irá personalizar as opções de acordo com o momento após estudar como é o padrão de pedidos em determinado horário e dia da semana.

Se adequando assim, ao consumo dos seus clientes. Com isso, será muito mais fácil agradá-los e potencializar as vendas com opções adequadas!

4. Logística de vendas para o seu restaurante:

Para finalizar, quero abordar três estratégias a serem incorporadas em seu cardápio, sendo elas:

  • Chamariz da atração: utilize pratos mais caros para aumentar seu faturamento, sem aumentar os preços. Ou seja, disponha seus pratos e bebidas em grupos de 3 que sigam preços baratos, moderados e elevados (e elaborados). Ao jogar essa precificação contrastante, a tendência é que os clientes mesmo que não possam pagar o mais caro, optem pelo moderado a fim de ter algo acessível e com uma qualidade melhor;
  • Triângulo dourado: se você for separar seu cardápio por colunas, essa é outra dica que pode ser implementada também. Na qual, os itens mais lucrativos e pedidos devem ser descritos na coluna central e nas primeiras partes da região superior das colunas laterais;
  • Populares: além disso, outra ótima opção é destacar por categoria o item mais pedido (e lucrativo) do seu cardápio. Faça isso com recursos visuais como o negrito ou um leve aumento na fonte, cores, etc. Mas, faça isso de forma suave sem exagerar e confundir o consumidor.

Conclusão

Neste artigo, foi possível ver como aumentar as vendas do seu restaurante com o uso de cardápios digitais que irão elevar:

  • Faturamento;
  • Lucros.

Contudo, para isso é preciso estar atento e fazer um bom planejamento. Ou seja, considerando o comportamento do seu público-alvo!

Ainda possui alguma dúvida sobre o assunto? Deixe a nos comentários para que possamos ajudar você.

Leia também:

Luan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Suas informações foram enviadas com sucesso. Em breve nossa equipe entrará em contato.