Coronavírus: Saiba o que é e como reagir a essa pandemia

24.03.2020
Não está sendo fácil gerenciar uma empresa neste momento. O perigo do coronavírus só aumenta, e isso ameaça a sobrevivência do seu negócio. Confira as dicas

Não está sendo fácil gerenciar uma empresa neste momento. A cada dia que passa o perigo do coronavírus aumenta, e isso ameaça a sobrevivência do seu negócio.

Ninguém sabe o que ao certo vai acontecer, mas é certo que você não pode parar e esperar o pior.

Essa é uma situação que jamais experimentamos, por isso neste artigo abordamos medidas que você pode adotar em seu restaurante. 

Primeiramente vamos entender:

O que é o Coronavírus?

Coronavírus (CID10) é uma grande família de vírus, uns causam doenças em pessoas e outros apresentam sintomas em animais como: camelos, gatos e morcegos. 

Entretanto, o novo coronavírus (COVID-19) é um novo vírus que ocasiona doenças respiratórias nas pessoas e pode se espalhar de pessoa para pessoa.

Esse novo vírus foi descoberto em 31/12/2019, após casos registrados na China. 

O Ministério da Saúde criou uma página contendo mais informações sobre o COVID-19. Confira mais informações dessa pandemia clicando aqui.

Como o Coronavírus se espalha?

O coronavírus se espalha de pessoa para pessoa bem como uma gripe comum.

Um indivíduo que esteja doente com o COVID-19 pode espalhar ativamente a doença para outras pessoas.

Os meios de transmissão do coronavírus são:

  • gotículas de saliva;
  • espirro;
  • tosse;
  • catarro;
  • contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;
  • contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Quais os sintomas?

É importante ressaltar que o período de incubação do coronavírus é de 2 a 14 dias. 

Lembrando que o período de incubação é o tempo que pode levar para os primeiros sintomas apareceram após a contaminação do COVID-19. 

Os sintomas do coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado comum.

Podem também, ocasionar infecções no trato respiratório inferior como as pneumonias. No entanto o COVID-19 ainda precisa ser mais estudado e investigado para caracterizar melhor os sintomas da doença.  

Os principais sintomas conhecidos até o momento são:

  • Febre;
  • Tosse;
  • Dificuldade para respirar. 

Como manter o meu restaurante protegido?

Para auxiliar a situação atual do país, onde novos casos do COVID-19 são confirmados a cada dia, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL) emitiu um guia prático com os cuidados que devem ser seguidos, confira clicando aqui. 

A prevenção deste vírus se torna simples, pois a prática de higienizar as mãos e cobrir o rosto ao espirrar ou tossir já faz parte dos cuidados diários, tanto na cozinha quanto no salão. 

Entretanto existem outras práticas que devem ser realizadas para aumentar a segurança do seu estabelecimento. 

Algumas atitudes que podem ajudar a prevenção são:

  • trocar os sabonetes líquidos comuns dos banheiros, por sabonetes antissépticos;
  • “espalhar” potes de álcool em gel 70% por todo o restaurante, inclusive na cozinha e nos banheiros;
  • talheres, pratos, copos e mesas devem ser esterilizados após cada utilização e, quando sujos, devem ser recolhidos das mesas por garçons protegidos com luvas;
  • letreiros com comunicados para os clientes devem ser distribuídos pelo salão, assim como no banheiro, cartazes ensinando e instruindo que todos lavem bem as mãos antes de voltarem para suas mesas; 
  • o restaurante deve estar bem arejado e os filtros do ar condicionado precisam estar em bom estado de conservação.

Deixe sua equipe ciente da pandemia 

Muitos já estarão sabendo da pandemia, porém não deixe de informar todos os cuidados que devem ser realizados pela empresa. 

Treine seu colaborador com medidas preventivas. Além disso informe as medidas fornecidas pelas autoridades de saúde locais. 

Não esqueça de deixar claro que por enquanto nada de apertos de mãos entre funcionários e clientes. 

E não se preocupe pois seus clientes vão compreender essas práticas e se sentiram mais seguros. 

Garanta a limpeza geral 

As louças e os utensílios usados nos balcões do buffet,devem ser trocados e higienizados com frequência. 

Certifique-se de que os utensílios de mesa, incluindo saleiros e pimenteiros, porta-palito, recipientes e açúcar, porta-cartões, cardápios e comandas, sejam limpos e higienizados diariamente. 

Certifique-se que seu buffet está servindo quantidades menores. Pois a cada 30 minutos deverá ocorrer uma substituição para evitar contaminação. 

Como superar a pandemia sem o atendimento ao público? 

O setor de alimentação é um dos mais afetados pela pandemia ocasionada pelo novo coronavírus no Brasil. 

Entretanto essa queda pode ser compensada pelo aumento na procura do atendimento delivery.

Com o aumento na procura do serviço de delivery abre um novo mercado para restaurantes que ainda não atuam neste segmento. 

Em muitas cidades já estão restringindo o atendimento ao público, assim muitos estabelecimentos estão aderindo o atendimento delivery. 

Atuar no delivery de comida 

Essa é uma alternativa que especialistas concordam que pode salvar os restaurantes e similares. 

Sendo assim, juntamos alguns cuidados que devem ser tomados para aderir o delivery em meio a pandemia. 

1- Cuidados extras com a higiene

Neste momento a principal recomendação é redobrar os cuidados com a higiene.

Utilize álcool 70% e desinfetante nas superfícies e de máscaras para quem faz as entregas, atende os clientes e cozinha.

Além disso é imprescindível lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com sabonete para evitar a contaminação cruzada. 

2- Se comunique online

Utilizando a internet você terá um canal aberto diretamente com o seu público.  

Então utilize as redes sociais para fazer propaganda do seu negócio. Neste momento não basta apenas produzir conteúdo informativo. 

É interessante também pensar em entreter a sua audiência. Pois a quarentena é um período que tende a deixar as pessoas muito preocupadas. 

Certamente isso pode ser um diferencial para o seu negócio ajudando inclusive na fidelização do seu cliente. 

3- Empatia e solidariedade 

Se o seu cliente não quiser ter contato físico, não contrarie e busque alternativas ao seu alcance para respeitar essa decisão.

Assim como se observar alguma situação na qual consiga ajudar, faça. Pense que todo o bem que você faz acaba voltando de alguma maneira. 

Certamente isso trará visibilidade para o seu restaurante e fará com que as pessoas se identifiquem, criem carisma e queiram frequentar o estabelecimento quando possível.

4- Cuidados na entrega de comida 

Os próprios aplicativos de delivery como Rappi, iFood e Uber Eats recomendam algumas atitudes quanto a entrega que podem ajudar ainda mais.

São elas:

  • Realizar o pagamento online;
  • Lavar as mãos sempre que possível;
  • Instruir que o entregador deixe a comida na porta do cliente sem contato direto com o cliente;
  • Oferecer auxílio para os motoristas e entregadores diagnosticados com Covid-19;
  • Higienização dos veículos e uso de álcool gel. 

Não se esqueça que para realizar as entregas você irá precisar de entregadores, e esses funcionários também precisam se proteger. 

Realize as seguintes ações com os seus entregadores;

  • Incentive a higienização das mãos sempre que possível;
  • Utilizar álcool em gel constantemente entre uma entrega e outra;
  • Não ter contato físico com o cliente;
  • Usar luvas na hora do pagamento, especialmente na hora de operar máquinas de cartão.

5- Utilize os aplicativos de delivery 

Os aplicativos de comida como aiqfome e iFood podem ser uma ótima maneira de se introduzir nesse mercado. 

São aplicativos já consolidados que caíram no gosto popular.

Fazer parte de um aplicativo assim pode ser uma ótima vitrine, que o cliente vai poder realizar o pedido diretamente de forma rápida e simples. 

Tenha cautela!

Lembre-se que o foco sempre será na higiene, então redobre esse cuidado. Não adianta o entregador cumprir rigorosamente todos os passos, se a comida foi preparada de forma indevida. 

Portanto treine sua equipe e deixe claro a responsabilidade deles. Além disso deixe sempre a disposição álcool gel e materiais de limpeza tanto para o local quanto para os próprios funcionários. 

Utilize do atendimento delivery para aumentar as suas vendas e não perder ainda mais nesse momento difícil. 

Tome as devidas providências para que os prejuízos sejam os menores possíveis. É preciso pensar em sociedade, manter a calma e tentar lidar com os problemas de forma  criativa. 

Leia também:

Luan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Suas informações foram enviadas com sucesso. Em breve nossa equipe entrará em contato.