Maquiagem, barba e adornos na cozinha: Pode ou não usar?

28.07.2022
Maquiagem, barba e adornos na cozinha: Pode ou não usar?

Tempo de leitura: 5 minutos  Maquiagem na cozinha | Barba | Adornos


Nos últimos anos, os programas de culinária, como o Masterchef, vêm caindo no gosto de muitas pessoas, tanto que, a área da gastronomia passou a ter mais relevância. Aliás, os cursos voltados à ela cresceram exponencialmente.

Entretanto, ao assistirmos esses programas, percebemos que tanto os participantes quanto os jurados, estão maquiados e até usam adornos, como colares e anéis. Com isso, muitos acreditam que o uso de acessórios, maquiagens e barbas nas cozinhas dos restaurantes é comum.

Mas, não é bem assim que “a banda toca”! 

Os programas são feitos para entreter as pessoas, logo, é permitido o uso deles, além disso, os chefes de cozinha geralmente cuidam do restaurante de forma geral, dando mais atenção para a área administrativa. 

Porém, ao contrário do que vemos na TV, em uma cozinha profissional, maquiagem e barba são proibidos ou requerem cuidados extras, sem falar que seu uso está passível a multa.

Neste artigo vamos falar sobre os motivos pelos quais o uso de maquiagem, barba, entre outros, é proibido nas cozinhas de restaurantes. Confira! 

Uso de Maquiagem na cozinha

Com milênios de história, a maquiagem tão comum no dia a dia de muitas pessoas, é totalmente proibida dentro da cozinha. Provavelmente, essa informação tenha te pego de surpresa, afinal, como algo que está fixado na pele pode ser prejudicial dentro da cozinha do restaurante? 

Mesmo fixada na pele, a maquiagem tem um poder de contaminação muito grande, através das partículas que ela libera no ar. Vejamos como ela pode contaminar o ambiente. 

A temperatura média de uma cozinha industrial é por volta de 26ºC, ou seja, não é um local muito fresco. Somando a movimentação que o trabalho exige, a sensação térmica tende aumentar, deixando tudo ainda mais abafado.  

Não há maquiagem no mundo que aguente! 

Logo, ela derrete e se mistura com o suor, se tornando aquela “lambança”, toda borrada e pegajosa. Sem contar que, a todo momento estamos passando as mãos no rosto – até mesmo sem perceber – depois pegamos nos utensílios, nos pratos, assim, iniciando uma cadeia de contaminação. 

Por que não pode usar maquiagem na cozinha?

No artigo “Cosmetics at the Cleanroom”, publicado por LR Hauenstein na Revista Cleanroom, indicou a quantidade de partículas* depositadas na pele com o uso de determinadas maquiagens. Por exemplo, a máscara de cílios é responsável por 3 bilhões de partículas! Já o batom, são 1,1 bilhão de partículas depositadas na pele! 

Os seres humanos por si só, já carregam milhões de partículas, agora imagina elas somadas com as da maquiagem transitando pela cozinha. O aumento de contaminação é quase inevitável e temos certeza que ninguém quer que seu cliente sofra alguma intoxicação alimentar, não é? 

Então, aquele batonzinho e aquela máscara incolor não são tão inofensivos quanto se pensa. 

Mas, isso não quer dizer que os outros colaboradores não possam usar. Atendentes e gerentes, podem fazer uso de maquiagem, desde que não tenham nenhum contato com a área de preparo ou com o colaborador responsável pela manipulação dos alimentos. 

Também, para quem pode usar, recomendamos uma maquiagem leve e básica. E de nenhuma forma permita que qualquer colaborador utilize cílios postiços, evitando assim, acidentes constrangedores. 

Observação: Foram contabilizadas as partículas apresentaram acima de 0,5 µm (mícron)*

Barba e cabelos pode utilizar na cozina? 

A barba ganhou muitos adeptos ao longo dos últimos anos, entretanto para aqueles que querem seguir carreira na cozinha, provavelmente precisarão dar adeus à ela. Assim, como a maquiagem, seu uso na cozinha não é permitido. 

Isso tudo pois, assim como os fios de cabelos, os pelos da barba também caem todos os dias. Dessa forma, a chance desses pelos irem parar nos utensílios, embalagens e alimentos é bem grande e ninguém quer que esses pelos parem nos pratos que serão entregues aos clientes, não é mesmo? Por isso, o ideal é não utilizar barba, bigode ou cavanhaque. 

Entretanto, há restaurantes que permitem o uso da barba, desde que ela esteja bem aparada e que o colaborador utilize a redinha de proteção para não correr o risco de contaminar nada. Detalhe que, a redinha precisa ser trocada algumas vezes longo do dia. 

Para os colaboradores que trabalham na área externa da cozinha, por exemplo os garçons, a recomendação é não utilizar barba. 

Sobre os cabelos, todos devem manter eles bem presos. Sem falar que, os colaboradores que trabalham na cozinha precisam utilizar toucas de proteção.

Adornos, perfume e unhas na cozinha

Anéis, brincos, colares, piercings e afins são proibidos para todos que trabalham em food services. Estes adornos podem acumular resíduos que favorecem a contaminação biológica nos alimentos, além disso, podem cair nos alimentos e causar acidentes. 

Esse cuidado também vale para os demais produtos que possuem cheiro. 

Enquanto as unhas, elas devem estar sempre limpas, muito bem cortadas, sem esmalte (mesmo que claro) ou base. A medida é para evitar contaminações pelas lascas de esmaltes que podem cair durante o preparo. Como os adornos, essa regra é válida para todos os colaboradores. 

Já a utilização de perfume não é proibida, porém alguns cuidados devem ser tomados. Não permita o uso de perfumes com cheiros muito fortes ou instrua para que ninguém os aplique nos pulsos. Nesse último caso, por estar próxima a mão, a chance de contaminação química nos alimentos é muito grande.  

Fiscalização e multas para uso de maquiagem e afins na cozinha

A Anvisa possui Resolução Federal, a RDC nº 216, de 2014, que determina sobre Regulamento Técnico de Boas Práticas para Serviços de Alimentação. 

No item 4.6.6: 

4.6.6 Os manipuladores devem usar cabelos presos e protegidos por redes, toucas ou outro acessório apropriado para esse fim, não sendo permitido o uso de barba. As unhas devem estar curtas e sem esmalte ou base. Durante a manipulação, devem ser retirados todos os objetos de adorno pessoal e a maquiagem. 

A fiscalização do cumprimento das normas é bem rigorosa e o não cumprimento pode acarretar em pagamentos de multas até a suspensão de funcionamento. Ou seja, nem pensar em fazer o uso de barba, adornos e maquiagem na cozinha. 

Por isso, atuar em conformidade com as regras impostas, é o caminho para o sucesso, além de manter o negócio longe de problemas com a fiscalização. 

Mantenha o rigor 

Manter uma cozinha em ordem não é uma tarefa fácil, por isso, ter colaboradores bem treinados é o ponto chave para resolver essa questão. Sendo assim, é preciso treiná-los em cursos, com ênfase em: 

  • Técnicas de manipulação de alimentos; 
  • Agentes contaminantes e doenças que possam ser transmitidas através dos alimentos; 
  • Descarte de resíduos de forma correta;
  • Equipamentos utilizados na cozinha; 
  • Conhecimento das normas de sanitárias;
  • Etc. 

O ideal é que todos que trabalham com o preparo dos pratos passem por esses treinamentos, entretanto se não for possível, a Anvisa exige que pelo menos um colaborador seja qualificado para tratar deste assunto. 

É muito importante que a documentação referente a capacitação dos profissionais seja guardada para possível verificação do órgão competente. 

Além disso, é importante realizar supervisões constantes, a fim de verificar se há alguém descumprindo as normas. Reuniões periódicas para atualização ou até mesmo relembrar, são sempre bem-vindas. 

Conclusão 

Em suma, não seguir os pontos citados aqui, pode trazer uma má reputação para o food service. É preciso sempre estar atento às normas da Vigilância Sanitária, para não correr riscos.  

Essa tarefa deve ser feita com muita precisão e atenção, para garantir a segurança e a qualidade dos pratos e do atendimento do food service. Além disso, não se esqueça de sempre verificar se as normas estão sendo cumpridas, assim evitando possíveis constrangimentos.  

E você já sabia sobre isso? Deixe aqui nos comentários! 

Leitura que recomendamos:

Treinamento de colaboradores: faça sua empresa crescer!

Blog de Gastronomia: O que você precisa para criar um!

Compartilhar:

Ana Moraes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Suas informações foram enviadas com sucesso. Em breve nossa equipe entrará em contato.