Vale a pena investir em um curso de gastronomia? Confira!

19.04.2021
gastronomia

Não são poucas as pessoas que amam se aventurar na cozinha e esperam poder fazer disso uma profissão.

Sobretudo, com a glamourização da gastronomia por meio dos vários programas de TV que surgiram nos últimos anos aqui no Brasil, essa ramo vem ganhado mais adeptos assumidos e extremamente apaixonados.

Da mesma forma, para acompanhar a demanda do mercado, novos cursos de gastronomia surgiram tanto no meio universitário, quanto técnico.

Enfim, se você é um apaixonado pelo universo gastronômico e quer saber se vale a pena investir em um curso de gastronomia, acompanhe esse artigo até o final.

O que é Gastronomia?

A princípio, é importante dizer a você, caso ainda não saiba, que gastronomia vai muito além do fato de estar dentro de uma cozinha e saber cozinhar. Afinal, ela engloba tudo o que está ligado a alimentação.

Isso mesmo, tudo!

Em outras palavras, nesse nicho você conta com profissionais especializados desde a formação molecular dos alimentos, até a administradores e consultores de grandes restaurantes.

Então, não será fácil escolher uma área específica a seguir, já que são várias e muito interessantes.

Todavia, agora que você já sabe o que é e do que se trata nessa área, vamos falar sobre os cursos de Gastronomia.

Cursos de Gastronomia

Primeiramente, vamos deixar claro que não existe apenas um estilo de curso de Gastronomia.

Atualmente, dentre as formas disponíveis no Brasil, é possível encontrar os cursos:

  • Tecnólogos;
  • Técnicos;
  • Livres.

Esses três estilos são bem distintos entre si, e tem objetivos diferentes. Como resultado, formam profissionais diferentes, cada um preparado para um certo tipo função.

Nesse sentido, vamos conhecer melhor cada um deles.

Cursos Tecnólogos – Faculdades

Os cursos tecnólogos são sobretudo, aqueles destinados a preparar profissionais conhecidos como gastrônomos, e não chefs como muitos pensam.

Chef de cozinha é uma função, um cargo, e acima de tudo uma nomenclatura.

Além disso, chefs de cozinha possuem uma função muito mais administrativa do que operacional.

Porém sim, todo gastrônomo pode se tornar um Chef, mas claro, não sem muito esforço.

Em um curso tecnólogo, além de aprender várias técnicas de culinárias diversas, você também aprenderá a administrar um food service, ou a organizar eventos por exemplo.

Veja algumas das matérias que são trabalhadas dentro de um curso tecnólogo:

  • Controle de Qualidade e Conservação dos Alimentos;
  • Cozinha Fria;
  • Cozinha Internacional;
  • Gestão em Negócios Gastronômicos;
  • Harmonização e Criatividade em Cardápios;
  • História da Alimentação;
  • Nutrição e Segurança dos Alimentos;
  • Organização de Eventos;
  • Estudo das Bebidas;
  • Etc.

(Fonte: querobolsa.com.brhttps://bityli.com/nGUX8 )

Nesse ínterim, os cursos tecnólogos costumam ser mais indicados para quem:

  • Para quem quer dar início a uma carreira internacional, ou trabalhar em resorts, cruzeiros e hotéis.
  • Empreendedor investidor que vai abrir seu próprio restaurante ou similares.

Logo, já sabemos para quem esse estilo é mais indicado. Agora, afinal, quanto custa um curso de gastronomia?

O valor e tempo de curso

Como um curso universitário, em primeiro lugar, o tecnólogo possui um valor variável maior que os outros. Assim, mensalmente, ele vai de R$700,00 até R$2.000,00 ou mais, tudo dependendo da instituição. Além disso, seu período também varia e pode levar de dois a três anos.

E compensa?

Claro que sim!

No entanto, avalie quais são seus verdadeiros objetivos. Caso você deseje trabalhar como cozinheiro (a), o curso técnico é mais indicado.

Então vamos a ele.

Cursos Técnicos

Os cursos técnicos tentem a ser mais rápidos e vêm para atender, na maioria das vezes, pessoas que já trabalham na área, mas não possuem nenhum diploma.

Entre as entidades que oferecem esse cursos, podemos destacar primeiramente, o Senac e o IGA.

No IGA, o curso técnico de Gastronomia e Alta Cozinha tem duração de dois anos. Nele o estudante irá aprender, por exemplo:

  • Panificação e Confeitaria;
  •  Francês;
  • Segurança e Higiene;
  • Administração e Marketing Gastronômico;
  • Entre outras matérias.

Seja como for, os cursos técnicos de gastronomia tendem a também converter em uma porcentagem maior de empregabilidade. Afinal, nesses cursos é mais comum que os alunos tenham maior contato com profissionais que já atuam em cozinhas.

E quanto custa esse tipo de curso?

Por meio das nossas pesquisas, vimos que os cursos técnicos variam bastante de preço de instituição para instituição, porém o menor valor que encontramos foi o de R$ 175,14 mensal, ao passo que, tem duração de 1 ano.

Cursos Livres

Por último, vamos falar sobre os cursos livres.

Esses são aqueles destinados a uma habilidade específica, ou que trabalha mais de uma, porém, tem seu tempo bem mais reduzido.

Por exemplo, pode ser um curso com duração de apenas alguns fins de semana ou um semestre. E ainda, que vão lhe ensinar sobre panificação, ou confeitaria, ou sobre massas e assim por diante.

Ao contrário dos outros dois estilos de cursos que já falamos acima, os cursos livres são destinados a quem vê a cozinha como um hobby.

Sobre valores e duração, esses são muito variáveis.

No site do Senac SP, no período em que este artigo estava sendo redigido, encontramos na grade os cursos livres de:

  • Formação Básica em Gastronomia;
  • Auxiliar de cozinha;
  • Hambúrguer Artesanal.

Mas afinal, quanto ganham os profissionais da área?

Para te deixar bem informado, já que provavelmente você está decidido investir nessa área, agora vamos apontar algumas das profissões que pessoas formadas em gastronomia podem desempenhar e quanto é a média salarial desses profissionais.

Veja as médias abaixo:

  • Chef de cozinha: de R$ 1.100,00 a R$ 3.500,00;
  • Chef de pâtisserie: de R$ 2.006,00 a R$ 3.958,00;
  • Personal chef: depende da quantidade de horas e serviço;
  • Cozinheiro (a): de R$ 1.237,00 a R$ 1.897,00;
  • Consultor (a): de R$ 2.500,00 a R$ 5.000,00;
  • Segurança alimentar: R$ 1.514,00 a R$ 2.884,00;
  • Desenvolvimento de produtos: R$ 4.815,00 a R$ 14.005,00;
  • Gestão de negócio: R$ 3.279,00 a R$ 7.535,00.

Existe curso gratuito de gastronomia?

Antes de tudo é importante saber que a maior parte dos cursos de gastronomia disponibilizados estão na rede privada, ou seja, eles possuem mensalidade. Porém, por todo o Brasil existem universidades públicas que disponibilizam o formato tecnólogo entre suas graduações.

Entre os institutos e universidades públicas que oferecem o cursos estão os: IFCE; IFF; IFMG; IFPI; IFSC; UEG; UFBA; UFCE;  UFCSPA; UFPEL; UFPB; UFRJ; UFRPE.

Pesquise quais são as condições para ingressar em casa uma dessas instituições e universidades.

Agora que você já está por dentro do assunto

Agora que você já está muito bem informado sobre o universo dos cursos de gastronomia, nós queremos dizer que sim, vale apena investir nessa profissão maravilhosa.

Porém, não se esqueça de pesquisar bastante sobre a viabilidade de cada uma das possibilidades, e de colocar todos os seus objetivos no papel.

Trabalhar dentro do ramo culinário é uma dádiva, mas possui seus altos e baixos, então se prepare e seja confiante.

Caso tenha gostado desse artigo, deixe um comentário para gente e nos diga sobre o que mais você gostaria de ler aqui no nosso blog.

Leia também:

Saiba de uma vez por todas! O que é gastronomia e como é o cotidiano dos profissionais dessa área.

Atualização e organização: Tudo o que você precisa saber para aumentar o sucesso do seu Food Service.

Compartilhar:

Nayara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Suas informações foram enviadas com sucesso. Em breve nossa equipe entrará em contato.